Mais amor, por favor.

Em meio a tantas atrocidades, uma chama mais nossa atenção: 12 crinças são mortas por um homem que após o homicídio tira a própria vida.

Isso me levou a questionar até que ponto vai a crueldade humana; o valor que é dado a vida e a fome de amor que há no mundo.

E eu percebi que a falta de amor foi causa de tudo isso. Foi falta de amor dos colegas que fizeram do assassino uma vítima de bullynig quando criança e, por falta de amor, o mesmo decide não perdoar e cometer um homicídio em massa. Depois, ele tira a própria vida.

E é por falta de amor que tantas crianças choram, que tantos tem fome, que tantos morrem. E é por amor que tantos imploram.

Eu estava escrevendo esse post e lembrei de uma música do Nickelback que diz:

If everyone cared and nobody cried
If everyone loved and nobody lied
If everyone shared and swallowed
 their pride
We’d see the day when nobody died

TRADUZINDO:

Se todos se importassem e ninguém chorasse
Se todos amassem, e ninguém mentisse
Se todos compartilhassem e engolissem seu orgulho
Nós veríamos o dia que ninguém morreria
Eu acredito que as pessoas não morreriam em vão se elas cuidassem um pouco mais das pessoas que cruzam seus caminhos.
 
Então é isso… doe amor, seja amor.
 
BEIJOS =)
 
Raquel Amapos
 
Anúncios